CPI da Covid: livros para compreender o atual contexto do Brasil

Equipe - Publicado na categoria Dicas de leitura em 18/05/2021


A CPI da Covid, instaurada no final de abril, vem ocupando os principais noticiários com os depoimentos de membros do governo, de representantes de farmacêuticas e de ex-ministros, com denúncias sérias e que colocam em xeque as reais intenções da presidência da República em seu plano de combate à disseminação do novo coronavírus.

Criada para apurar ações e omissões da gestão do presidente Bolsonaro no enfrentamento à pandemia, a CPI já apurou informações que vão desde a tentativa de alteração da bula da cloroquina por meio de Decreto Presidencial até a recusa da compra de vacinas da Pfizer.

O cenário que vem se descortinando a cada depoimento já vinha sendo desenhado por cientistas políticos, pesquisadores e sociólogos desde antes de o atual presidente ser eleito.

Quer entender como chegamos até aqui? Confira as dicas de leitura que vão te ajudar a compreender o atual contexto brasileiro.


Livros para compreender o atual contexto do Brasil


1. Os engenheiros do caos: Como as fake news, as teorias da conspiração e os algoritmos estão sendo utilizados para disseminar ódio, medo e influenciar eleições, de Giuliano da Empoli

Os engenheiros do caos

Aos olhos dos seus eleitores, as deficiências dos líderes populistas se transformam em qualidades, sua inexperiência demonstra que não pertencem ao círculo da “velha política”, e sua incompetência é uma garantia da sua autenticidade. As tensões que causam em nível internacional são vistas como mostras de sua independência, e as fake News, marca inequívoca de sua propaganda, evidenciam sua liberdade de pensamento.

No mundo de Donald Trump, Boris Johnson, Matteo Salvini e Jair Bolsonaro, cada dia traz sua própria gafe, sua própria polêmica, seu próprio golpe brilhante. No entanto, por trás das manifestações desenfreadas do carnaval populista, está o trabalho árduo de ideólogos e, cada vez mais, de cientistas e especialistas do Big Data, sem os quais esses líderes nunca teriam chegado ao poder.

É o retrato desses engenheiros do caos que Giuliano da Empoli nos apresenta, através de uma investigação ampla e contundente que vai muito além do caso Cambridge Analytica e remonta ao início dos anos 2000, quando o movimento populista global, hoje em pleno curso, dava seus primeiros passos na Itália.

O resultado é uma galeria de personagens variados, quase todos desconhecidos do público em geral, mas que vêm mudando as regras do jogo político e a face das nossas sociedades.

Disponível nas versões impresso, e-book e audiobook. Adquira seu exemplar.


VEJA TAMBÉM:

O cientista político Giuliano da Empoli, autor de Os engenheiros do caos, fala sobre como cientistas de dados levaram a lógica das redes sociais para a política e os impactos disso para nosso jogo democrático.

Assista ao vídeo no canal do Grupo Autêntica.


2. Uma breve história das mentiras fascistas, de Federico Finchelstein


Uma breve história das mentiras fascistas

Neste livro breve mas abrangente, o historiador de renome mundial Federico Finchelstein explica por que os fascistas consideravam mentiras simples e muitas vezes odiosas como verdade, e por que muitos de seus seguidores acreditavam em suas falsidades. Ao longo da história do século XX, muitos defensores das ideologias fascistas consideraram mentiras políticas como a verdade encarnada em seu líder. De Hitler a Mussolini, os líderes fascistas capitalizaram com a mentira como base de seu poder e de sua soberania popular.

Essa história continua no presente, no qual as mentiras parecem substituir cada vez mais a verdade empírica. Agora que as notícias reais são apresentadas como “fake News” e notícias falsas se tornam políticas de governo, Uma breve história das mentiras fascistas nos incita a lembrar que a atual discussão sobre “pós-verdade” tem uma longa linhagem política e intelectual que não podemos ignorar.


Disponível nas versões impresso e audiobook. Adquira seu exemplar.


VEJA TAMBÉM:

A edição do Sempre um Papo, comandado por Afonso Borges, que recebeu o escritor Federico Finchelstein e o jornalista Fernando Gabeira.

Assista ao vídeo no canal do Grupo Autêntica.


3. Governo Bolsonaro: retrocesso democrático e degradação política, organizado por Leonardo Avritzer, Fábio Kerche e Marjorie Marona


Governo Bolsonaro: retrocesso democrático e degradação política

Este livro reúne antropólogos, sociólogos, cientistas políticos, economistas e profissionais de relações internacionais que nos ajudam a compreender o bolsonarismo como uma dupla chave, movimento e forma de governo, e quais são os impactos disso nas políticas públicas, na saúde das instituições e na vida da população brasileira.

Nos textos que tratam do campo institucional, são analisadas as relações do governo com o Congresso Nacional, os partidos políticos, o Supremo Tribunal Federal e as novas dinâmicas federativas. Outro conjunto de textos analisa políticas públicas de atenção a saúde, educação, meio ambiente, segurança pública, distribuição de renda, direitos humanos e minorias, as reformas trabalhista e previdenciária, as políticas externa e econômica.

Para falar sobre o bolsonarismo como movimento, são exploradas as formas de representação e o destino da participação política, bem como as inflexões dos movimentos sociais frente ao governo de extrema direita. Outros artigos trazem reflexões sobre a cultura política, discutindo a nova direita no Brasil, valores democráticos e autoritarismo, preferências políticas, religião e novas lideranças evangélicas.

Análises da relação do governo Bolsonaro com a imprensa, seu uso das redes sociais e das fake news, e seus impactos sobre a opinião pública finalizam esta obra, que nos mostra que as marcas da destruição são muito anteriores a 2020, ano que ficará para sempre marcado como um dos mais complexos para a política nacional.

Disponível nas versões impresso e e-book. Adquira seu exemplar.


VEJA TAMBÉM:

Fábio Kerche, Marjorie Marona e Leonardo Avritzer, organizadores de Governo Bolsonaro: retrocesso democrático e degradação política, apresentam a obra que analisa os dois primeiros anos do atual governo.

Leia no blog do Grupo Autêntica.


4. A operação secreta Etiópia-Maranhão: A guerra dos respiradores no ano da pandemia, de Wagner William


A operação secreta Etiópia-Maranhão

2020. O Brasil se perde em uma desastrada tentativa de combate à pandemia do novo coronavírus. Sem apoio federal, alguns estados percebem que estão sozinhos e precisam agir por conta própria para defender seus sistemas de saúde.

A Operação Secreta Etiópia-Maranhão vai buscar respiradores na China, escapar da Europa, passar por dois países da África e trocar de avião em São Paulo para levar a São Luís os equipamentos hospitalares mais procurados do mundo.

Além de pioneira, a ação planejada pelo estado do Maranhão vai se tornar a mais cinematográfica resposta à sequência de omissões e erros cometidos pelo governo brasileiro, que, sem aceitar o sucesso do plano, reage com perseguições, recursos jurídicos e até mesmo ações de contraespionagem.

Wagner William, autor de O soldado absoluto e Uma mulher vestida de silêncio, revela com maestria os bastidores e os segredos da operação. Indo além, mostra as sabotagens políticas e os vários alertas recebidos pelo Ministério da Saúde, ao longo do ano, sobre a farsa da cloroquina, o vencimento do prazo de validade dos testes, a escassez de kit intubação, a falta de cilindros de oxigênio e a “guerra da vacina”. Questões que, se contornadas a tempo, poderiam ter amenizado o impacto e a tragédia da Covid-19 no Brasil.

Disponível nas versões impresso e e-book. Adquira seu exemplar.


VEJA TAMBÉM:

Em live transmitida no canal do Grupo Autêntica no Youtube, o jornalista Wagner William e Paulo Cesar Gomes (@historiadaditadura) discutiram os principais tópicos do livro A operação secreta Etiópia-Maranhão.

Assista ao vídeo no canal do Grupo Autêntica.


Compartilhe esta publicação nas redes sociais para que outros leitores tenham acesso a curadoria! Quer receber conteúdos de acordo com seus interesses de leitura?_ Cadastre-se na newsletter do Grupo Autêntica

Tags:  dicas de leitura,  editora vestígio,  Autêntica Editora; Sigmund Freud; Psicanálise


Comentários