Professor, cadastre-se

Filô

A filosofia nasce de um gesto. Um gesto, em primeiro lugar, de afastamento em relação a uma certa figura do saber, a que os gregos denominavam sophía. Ela nasce, a cada vez, da recusa de um saber caracterizado por uma espécie de acesso privilegiado a uma verdade revelada, imediata, íntima, mas de todo modo destinada a alguns poucos. Contra esse tipo de apropriação e de privatização do saber e da verdade, opõe-se a philía: amizade, mas também, por extensão, amor, paixão, desejo. Em uma palavra: Filô.

A coleção FILÔ aposta em uma filosofia inquieta, que interroga o presente e suas certezas; que sabe que suas fronteiras são muitas vezes permeáveis, quando não incertas. Pois a história da filosofia pode ser vista como a história da delimitação recíproca do domínio da racionalidade filosófica em relação a outros campos, como a poesia e a literatura, a prática política e os modos de subjetivação, a lógica e a ciência, as artes e as humanidades.

Esta coleção pretende recuperar esse desejo de filosofar no que ele tem de mais radical, através da publicação não apenas de clássicos da filosofia antiga, moderna e contemporânea, mas também de sua marginália; de textos do cânone filosófico ocidental, mas também daqueles textos fronteiriços, que interrogam e problematizam a ideia de uma história linear e unitária da razão. A coleção aposta também na publicação de autores e textos que se arriscam a pensar os desafios da atualidade. Isso porque é preciso manter a verve que anima o esforço de pensar filosoficamente o presente e seus desafios. Afinal, a filosofia sempre pensa o presente. Mesmo quando se trata de pensar um presente que, apenas para nós, já é passado.

Conselho Editoral:

Gilson Iannini (UFOP); Cláudio Oliveira (UFF); Danilo Marcondes (PUC-Rio); João Carlos Salles (UFBA); Monique David-Ménard (Paris); Olímpio Pimenta (UFOP); Pedro Süssekind (UFF); Rogério Lopes (UFMG); Rodrigo Duarte (UFMG); Romero Alves Freitas(UFOP); Slavoj Zizek (Ljubjana); Vladimir Safatle (USP).

Coordenador da Coleção

  • Gilson Iannini
A alma e as formas A alma e as formas Georg Lukács.
A comunidade que vem A comunidade que vem Giorgio Agamben.
A experiência interior A experiência interior Georges Bataille.
A ideologia e a utopia A ideologia e a utopia Paul Ricœur.
A literatura e o mal A literatura e o mal Georges Bataille.
A sabedoria trágica A sabedoria trágica Michel Onfray.
Do sublime ao trágico Do sublime ao trágico Friedrich Schiller.
Do sublime ao trágico Do sublime ao trágico Friedrich Schiller.
Ideia da prosa Ideia da prosa Giorgio Agamben.
Íon Íon Platão.
Kafka Kafka Félix Guattari, Gilles Deleuze.
Lacan, o escrito, a imagem Lacan, o escrito, a imagem François Cheng, François Regnault, Gérard Wajcman, Jacques Aubert, Jean-Claude Milner.
Meios sem fim Meios sem fim Giorgio Agamben.
Nudez Nudez Giorgio Agamben.
O anjo da história O anjo da história Walter Benjamin.
O erotismo O erotismo Georges Bataille.
O homem sem conteúdo O homem sem conteúdo Giorgio Agamben.
O sofrimento de Deus O sofrimento de Deus Boris Gunjevic, Slavoj Zizek.
O tempo que resta O tempo que resta Giorgio Agamben.
Pensar a imagem Pensar a imagem Emmanuel Alloa.
Relatar a si mesmo Relatar a si mesmo Judith Butler.
Se Parmênides Se Parmênides Barbara Cassin.
Teoria da religião Teoria da religião Georges Bataille.
Receba as novidades da Autêntica Editora
Vendas institucionais e licitações
+55 31 3465 4500
International calls
+55 11 3034 4468
Belo Horizonte
Rua Carlos Turner 420, Bairro Silveira,
Belo Horizonte - MG, CEP 31140-520,
Tel. (31) 3465-4500
São Paulo
Av. Paulista, 2073, Conjunto Nacional, Horsa I, 23º andar , Conj. 2301 Cerqueira Cesar, São Paulo - SP, CEP 01311-940, Tel. (11) 3034-4468
Rio de Janeiro
Rua Debret, 23, sala 401, Centro Rio de Janeiro - RJ, CEP 20030-080, Tel. (21) 3179-1975