Grupo Autêntica

Desventuras (quase) românticas de um festival

Desventuras (quase) românticas de um festival

, , ,

LIVRO

R$ 49,80

EBOOK

R$ 34,90

Carregando...

Quatro garotas e uma coisa em comum: o maior festival de k-pop no país. Aniké, Bianca, Rebecca e Isa são pessoas diferentes, que vivem vidas opostas e que não se conhecem, mas um fim de semana no tão esperado Kpopalooza pode mudar a imagem que elas tinham de seus artistas favoritos e até delas mesmas. Essas são histórias sobre novas experiências, sobre lutar pelos nossos objetivos, sobre conexão com quem a gente menos espera e sobre como ser fã pode mudar a nossa vida.

Em Para sempre (de Babi Dewet), Isa é uma produtora de shows que tem a missão de cuidar da ONE – sua boy band favorita, na estadia deles no Brasil para o Kpopalooza. Não vai ser fácil desligar o modo fã diante de Chan, que é o idol de sua vida, aquele que está na capinha do celular e no pôster atrás da porta, embora ninguém realmente saiba disso. Para protegê-lo de uma stalker e garantir que o grupo chegue completo ao festival, Isa precisará acreditar em si mesma, lutar contra seu chefe abusivo e aprender que também é muito necessário ser fã do seu próprio trabalho.

Em 5 estrelas (de Érica Imenes), Aniké é uma jornalista prodígio que quer construir a carreira dos seus sonhos trabalhando com k-pop, lutando pelo seu espaço como uma garota negra. Por isso, agarra com unhas e dentes a chance de cobrir o Kpopalooza para o maior portal de cultura pop do Brasil, enfrentando não só o fiasco da sua entrevista com a sua inspiração, a idol HYE, como o desafio de proteger a carreira dela diante de um escândalo internacional. Será que no crush e na guerra por cliques e likes vale mesmo de tudo?

Em Roleta russa (de Lyu Guedes), Bianca é uma garota do interior que está ansiosa para vir à capital curtir o show de seu grupo favorito, o KUZ, no Kpopalooza. Mas para isso, sua mãe impôs uma condição: ela só poderá ir acompanhada por Naomi – sua ex-melhor amiga e atual ranço. Como a lei de Murphy não falha, as duas vão acabar se metendo na maior enrascada de suas vidas, envolvendo um idol, um motel, uma van e um festival que elas nunca mais vão esquecer.

Em Toda a sorte do mundo (de Paloma Ortega), Rebecca é uma fã de emocore, aficionada por caveiras e supersticiosa ao extremo. Ela divide o apartamento com a melhor amiga, que é muito fã de K-pop. Depois de meses de espera, Becca vai finalmente assistir a um show da sua banda favorita do momento, mas, infelizmente, as coisas não saem como o planejado, e Becca agora precisa aproveitar o maior festival de música coreana no lugar da melhor amiga, lidar com um acompanhante inusitado e mergulhar de cabeça em um universo inteiramente novo.
________________________________________________________

“Me identifiquei, me diverti, refleti, me vi em cada história! Uma mistura de sentimentos a cada página. Como sou fã de K-pop, queria muito viver esses dias mágicos do Kpopaloosa ao lado dessas personagens superpoderosas!”
Mandy Candy, youtuber e influenciadora digital, autora de Meu nome é Amanda.

Páginas: 224 • Formato: 14 x 21 cm • Acabamento: brochura • ISBN: 9786586553925 • Código: 36283 • Categoria(s): Contemporâneo, Literatura Juvenil • Editora Gutenberg • Edição: 1 • Mês/Ano de publicação: 10/2021 • Primeira edição: 10/2021


Outros livros deste(s) autor(es)

Fechar

Pesquisar por autor, título, série, coleção ou ISBN.