Grupo Autêntica

Autêntica Business Infantil e juvenil Yellowfante Gutenberg Nemo Vestígio Play

Fique por dentro do Grupo Autêntica

  • Notícias
  • Press Kit (Releases)
  • Saiu na Imprensa
  • Eventos
  • Contato
    (exclusivo para imprensa):

    (31) 3465-4500 (ramal207)

Press kit: "Corrupção e poder no Brasil"

Autêntica lança Corrupção e poder no Brasil: Uma história, séculos XVI a XVIII

Livro de Adriana Romeiro mergulha no passado do país para revelar as raízes da corrupção

Seria a corrupção, afinal, uma novidade entre nós? Essa é uma das perguntas que o livro *Corrupção e poder no Brasil: Uma história, séculos XVI a XVIII* busca responder, ao mostrar que, desde o século XVI, tratadistas, moralistas e autoridades já refletiam sobre a disseminação das práticas ilícitas no governo do Brasil, preocupados com as implicações nefastas da distância entre centro e periferia.

A partir de extensa pesquisa realizada em arquivos históricos brasileiros e portugueses, Adriana Romeiro traz à tona os bastidores da política colonial, identificando os tipos mais comuns de delitos praticados pelos governantes, os estratagemas usados para se enriquecerem e as reações que tais condutas suscitavam entre a população local. Ao fazer essa incursão pelo passado, ela revela os significados então correntes para a palavra corrupção, inseparável de uma cultura que pensava a sociedade como corpo político, sujeito ao processo de degradação e putrefação.

A obra, publicada pela Autêntica Editora, também preenche uma lacuna importante da historiografia. Ao longo do livro, a autora busca contornar os riscos do anacronismo, lembrando ao leitor que o passado “é uma terra estrangeira”, na qual se deve adentrar com muita cautela. A autora repassa textos antigos – crônicas, sermões e poemas – e documentos da época para investigar os delitos mais comumente associados à corrupção do corpo da República.

Como diz a autora, citando Sérgio Buarque de Holanda, “é missão do historiador exorcizar os fantasmas do passado. Nestes tempos em que a corrupção está no centro de nossas atenções, o conhecimento histórico pode nos libertar das ideologias do presente, dos sentidos atribuídos ao passado e também de nós mesmos…”

Sobre a autora: Adriana Romeiro é doutora em História pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), pesquisadora do CNPq e professora do Departamento de História da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) desde 1996. Investiga, entre outros, o estudo do imaginário político em Minas Gerais no século XVIII, a história da administração colonial, as relações de poder no âmbito do Império português e a circulação de manuscritos na América portuguesa. Entre seus livros publicados estão Dicionário histórico das Minas Gerais: Período colonial e Diogo de Vasconcelos: o ofício do historiador, ambos pela Autêntica.

Arquivos

Para mais informações, entre em contato com nossa assessoria de comunicação pelo e-mail ou pelo telefone (31) 3465-4500 (ramal 207).

← Voltar

Fechar

Pesquisar por autor, título, série, coleção ou ISBN.