Cinema, cultura e educação

A proposta da Coleção é a de que o campo educacional deveria ser privilegiado para introduzir outro universo ideológico e estético nos territórios da educação, da escola e da formação de professores. Com o intuito de contribuir para a formação dos educadores/as e das novas gerações que chegam à universidade e à escola, pretendemos defender um cinema que rompa com modelos estereotipados, distinto e desvinculado da produção em série, tipo “linha de montagem”; um cinema que bata de frente com os processos educativos que estão na contramão da emancipação humana.

Constata-se que apesar de seus 100 anos de existência e do pomposo qualificativo de sétima arte, na atualidade ela continua sendo uma linguagem praticamente esquecida nos programas escolares, ou então ali está reduzida a recurso didático, sendo que o bom cinema na escola deve ser muito mais do que isso. Mesmo que tenhamos chegado a uma situação em que a criança aprende a ler signos escritos e a pronunciá-los de uma forma mais ou menos científica, enquanto que uma porcentagem significativa de filmes que lhe são dados a ver, são assimilados de forma puramente intuitiva. É algo semelhante á do músico que aprende a tocar de ouvido. No entanto, os esforços de abordagem desta realidade não são mais que tímidas e isoladas tentativas no campo da educação. A possibilidade de se comunicar, de se expressar e de receber informação através do cinema supõe a aceitação prévia de que esta é uma forma de expressão tão importante hoje como a linguagem verbal, oral ou escrita. Observemos o número de horas letivas destinadas a esta arte e imaginemos as conseqüências. Assim, com esta coleção, direcionada principalmente para professores e demais profissionais da educação, mas também para o público em geral, pretendemos colocar em diálogo as articulações que a imagem deve promover, na universidade e fora dela. Pretendemos, igualmente, fazer emergir possíveis olhares que atribuam sentido à leitura e à escritura das linguagens visuais e que possibilitem a articulação de diferentes campos do conhecimento, como a pedagogia, a comunicação, a semiótica, a estética, a história, a sociologia, as artes, as tecnologias, a antropologia, etc. Desse modo, o universo de saberes de professores e alunos será enriquecido e ampliado permitindo uma ampla formação cultural.

Conselho Editorial

  • José S. Miguel Lopes
  • Inês A.C. Teixeira
  • Jorge Larrosa Bondía
  • Inés Dussel
  • Afrânio Catani
  • Milton José de Almeida
  • Célia Frazão Soares Linhares
  • Alfredo Veiga-Neto

Coordenadores da Coleção

  • Inês Assunção de Castro Teixeira
  • José de Sousa Miguel Lopes
A diversidade cultural vai ao cinema A diversidade cultural vai ao cinema Inês Assunção de Castro Teixeira, José de Sousa Miguel Lopes.
A escola vai ao cinema A escola vai ao cinema Inês Assunção de Castro Teixeira, José de Sousa Miguel Lopes.
A família vai ao cinema A família vai ao cinema Inês Assunção de Castro Teixeira, José de Sousa Miguel Lopes.
A infância vai ao cinema A infância vai ao cinema Inês Assunção de Castro Teixeira, Jorge Larrosa, José de Sousa Miguel Lopes.
A juventude vai ao cinema A juventude vai ao cinema Inês Assunção de Castro Teixeira, José de Sousa Miguel Lopes, Juarez Dayrell.
A mulher vai ao cinema A mulher vai ao cinema Inês Assunção de Castro Teixeira, José de Sousa Miguel Lopes.
Telas da docência Telas da docência Celia Maria Fernandes Nunes, Inês Assunção de Castro Teixeira, Margareth Diniz, Maria Jaqueline de Grammont Machado de Araújo, Milene de Cássia Silveira Gusmão, Valeska Fortes de Oliveira.
Receba as novidades da Autêntica Editora
Vendas institucionais e licitações
International calls
+55 (11) 3034 4468
Belo Horizonte
Rua Carlos Turner 420, Bairro Silveira,
Belo Horizonte - MG, CEP 31140-520,
Tel. (31) 3465-4500
São Paulo
Av. Paulista, 2073, Conjunto Nacional,
Horsa I, 23º andar , Conj. 2310, 2311, 2312
Cerqueira Cesar, São Paulo - SP, CEP 01311-940,
Tel. (11) 3034-4468
Fechar

Pesquisar por autor, título, série, coleção ou ISBN.