Grupo Autêntica

Autêntica Business Infantil e juvenil Yellowfante Gutenberg Nemo Vestígio Play

Bernardo Guimarães

Nascido em Ouro Preto, Minas Gerais, foi romancista e poeta. Estudou em seminário e, aos 22 anos, ingressou na Faculdade de Direito de São Paulo, tendo se formado em 1852.

Logo depois foi para Catalão, em Goiás, onde viveu de 1832 até 1854 e exerceu o cargo de juiz municipal. Em 1858, foi morar no Rio de Janeiro. Lá, trabalhou no jornal Atualidades como jornalista e crítico literário. Em 1861, voltou para Catalão, reassumindo o cargo de juiz municipal. Em 1866, foi nomeado professor de Retórica e Poética no Liceu Mineiro de Ouro Preto, e, em 1873, lecionou Latim e Francês na cidade de Queluz, Minas Gerais.

É patrono da cadeira nº 5 da Academia Brasileira de Letras e da cadeira nº 15 da Academia Mineira de Letras.

Estreou como poeta com Cantos da Solidão (1852), mas foi como romancista que ganhou destaque. Foi considerado o criador do romance sertanejo e regional ambientado em Minas Gerais e Goiás. De todos os seus romances, O Seminarista (1872), no qual critica o celibato religioso, é considerado sua melhor obra, mas A escrava Isaura (1875) é o mais popular: foi adaptado para a televisão, com grande sucesso, e, nesse formato, exportado para mais de 150 países.

Bernardo Joaquim da Silva Guima­rães faleceu no dia 10 de março de 1884 em Ouro Preto, Minas Gerais.

Bernardo Guimarães
Receba as novidades da Autêntica infantil e juvenil
Fechar

Pesquisar por autor, título, série, coleção ou ISBN.