Fique por dentro do Grupo Autêntica

Press kit: "Vertigo, A dama oculta"

Editora Vestígio anuncia publicação de romances inéditos que deram origem a clássicos do cinema

Vertigo (Um corpo que cai) e A dama oculta são os títulos de luxo da Coleção Hitchcock

Após a publicação de Spotlight: segredos revelados, o livro que inspirou o filme vencedor do Oscar 2016, a Vestígio, editora pertencente ao Grupo Autêntica, segue apostando em clássicos na publicação de livros ligados a grandes obras do cinema. O objetivo da editora é ampliar o catálogo, reconhecido por oferecer literatura policial de qualidade com autores europeus referências nos gêneros de thrillers, scandi crime e suspenses históricos, e assim conquistar também os amantes da sétima arte.

Os títulos Vertigo (Um corpo que cai) e A dama oculta inauguram a Coleção Hitchcock, que traz edições em capa dura e acabamento de luxo das obras que deram origem aos consagrados filmes de Alfred Hitchcock, reconhecido como o maior cineasta de suspense de todos os tempos.

De autoria dos aficionados por literatura policial Pierre Boileau e Thomas Narcejac, considerados especialistas na arte de conduzir a história até onde menos se espera, o instigante e sinistro Vertigo (Um corpo que cai) tem como cenário a Paris da Segunda Guerra Mundial, onde o detetive Flavières procura desvendar os mistérios de Madeleine, a bela e jovem esposa de Gévigne, seu cliente. A obra foi adaptada por Alec Coppel e Samuel A. Taylor e deu origem ao filme Um corpo que cai, considerado a obra-prima do mestre do suspense. Aliás, mal sabia ele que a dupla Boileau-Narcejac havia escrito o livro especialmente para Hitchcock, após descobrir que o diretor havia tentado adquirir os direitos de adaptação de outro livro deles, Celle qui n‘était plus.

Em 1936, Ethel Lina White publicou The Wheel Spins, cujos direitos foram adquiridos pela companhia Gaumont-British para ser transformado em filme, sob o título The Lost Lady. O diretor irlandês Roy William Neill foi o escolhido para as gravações e uma equipe foi enviada para a Iugoslávia para fazer as filmagens. No entanto, quando a polícia local descobriu acidentalmente que havia sido retratada de modo pouco elogioso no script, a equipe foi expulsa do país, e Black arquivou o filme. Um ano depois, o projeto caiu nas mãos de Alfred Hitchcock. O diretor normalmente se mostrava contrário a assumir projetos que já tinham estado nas mãos de outros diretores, mas a história parecia pedir passagem para as telas. O resultado foi A dama oculta, considerado como o auge do período britânico do cineasta. O livro que deu origem ao clássico homônimo de Hitchcock é uma obra envolvente e extraordinária e sua força está na maestria com que a autora constrói atmosferas sinistras e perturbadoras, que pairam até mesmo sobre as cenas mais corriqueiras.

Já disponível nas livrarias do Brasil, as obras são um deleite para os apaixonados por suspense, literatura, cinema e Hitchcock.

Sobre os autores de Vertigo:

Boileau-Narcejac: sob essa alcunha ocultam-se dois escritores, Pierre Boileau (1906-1989) e Thomas Narcejac (1908-1998). Ambos aficionados por literatura policial e autores de romances de aventuras, eles se encontram e se associam em 1948. Inseparáveis desde então, seus papéis são, no entanto, claramente definidos: Boileau constrói a intriga; Narcejac redige, dá corpo e estabelece o texto definitivo. E, assim como a bomba de Hitchcock, que nunca deve explodir, para Boileau-Narcejac há uma regra de ouro: o protagonista nunca deve acordar de seu pesadelo. Sua primeira colaboração, Celle qui n’était plus, surgiu em 1952, e, reza a lenda, Alfred Hitchcock subiu pelas paredes para adquirir os direitos para filmá-la. Ele acabou superado pelo cineasta Henri-Georges Clouzot (As diabólicas), mas moveu mundos e fundos para obter os direitos de Vertigo quando o livro, D’entre les morts, foi publicado, em 1954.

Sobre a autora de A dama oculta:

Ethel Lina White nasceu em Monmouthshire, Inglaterra, em 1876. Trabalhou durante alguns anos para o governo, no extinto Ministério de Pensões de Londres, e, em 1920, começou a escrever romances, estreando com The Wish-Bone (1927). Publicou outros dois livros antes de passar a se dedicar exclusivamente aos gêneros thriller e mistério, com os quais viu sua popularidade aumentar nos quatorze anos seguintes. Em 1936, White publicou The Wheel Spins que veio a ser transformado em filme com A dama oculta. White escreveu mais oito thrillers, terminando com They See in Darkness, publicado no ano de sua morte, aos 68 anos. Houve então uma agitação no meio cinematográfico em torno de seus livros, e seu romance Midnight House foi adquirido pela Paramount Pictures – o filme resultante foi intitulado Medo que domina (The Unseen, 1945), cujo roteiro tem coautoria de Raymond Chandler. Ethel Lina White morreu em 13 de agosto de 1944, dia em que Alfred Hitchcock completou 45 anos de idade.

Serviços Vertigo:

Autores: Pierre Bouileau e Thomas Narcejac
Tradução: Fernando Scheibe
Preço: R$ 44,90
Páginas: 192
Formato: 14 × 21 cm
Acabamento: Capa dura
Coleção: Hitchcock
ISBN: 978-85-8286-289-6
Editora: Vestígio

Serviços A Dama Oculta:

Autores: Ethel Lina White
Tradução: Rogério Bettoni
Preço: R$ 44,90
Páginas: 272
Formato: 14 × 21 cm
Acabamento: Capa dura
Coleção: Hitchcock
ISBN: 978-85-8286-291-9
Editora: Vestígio
Grupo Autêntica
www.grupoautentica.com.br

Arquivos

Para mais informações, entre em contato com nossa assessoria de comunicação pelo e-mail ou pelo telefone (11) 3034-4468.

← Voltar

Vendas institucionais e licitações
+55 31 3465 4500
International calls
+55 11 3034 4468
Belo Horizonte
Rua Carlos Turner 420, Bairro Silveira,
Belo Horizonte - MG, CEP 31140-520,
Tel. (31) 3464-4500
São Paulo
Av. Paulista, 2073, Conjunto Nacional,
Horsa I, 23º andar , Conj. 2310, 2311, 2312
Cerqueira Cesar, São Paulo - SP, CEP 01311-940,
Tel. (11) 3034-4468
Rio de Janeiro
Rua Debret, 23, sala 401, Centro
Rio de Janeiro - RJ, CEP 20030-080,
Tel. (21) 3179-1975