Do que estamos falando quando falamos de estupro

(autoria), Luis Reyes Gil (tradução)

Carregando...

Depois de sobreviver a um estupro coletivo aos 17 anos em Bombaim (Índia), Sohaila Abdulali ficou indignada com o silêncio ensurdecedor que se seguiu e escreveu uma coluna enfurecida sobre a percepção acerca do estupro – e de suas vítimas – para uma revista feminina. Trinta anos depois, sem aviso, seu artigo voltou à tona e viralizou, em virtude do estupro coletivo que resultou na morte de uma jovem em Nova Déli (também na Índia), em 2012. O ocorrido a incentivou a escrever, para o The New York Times, um artigo (que circulou mundialmente) sobre o processo de cura após um abuso sexual. Em Do que estamos falando quando falamos de estupro, Abdulali apresenta um olhar profundo, generoso e inflexível sobre estupro e cultura do estupro.

Partindo de sua própria experiência, bem como de seu trabalho atendendo centenas de vítimas nos Estados Unidos, além de três décadas de trabalho intelectual feminista, a autora encara algumas das questões mais espinhosas sobre o tema. Em entrevistas com sobreviventes do mundo todo, ouvimos emocionantes relatos sobre a força encontrada na adversidade, no humor e na sabedoria que contam, em conjunto, uma história maior sobre o significado do estupro e como a cura pode ser encontrada.

Abdulali também aponta questões sobre as quais normalmente não conversamos:

Um estupro é sempre um evento que define uma vida inteira? Um estupro é pior do que o outro? Um mundo sem estupros é possível?

Do que estamos falando quando falamos de estupro é um livro contemporâneo de movimentos como #MeToo, #TimesUp e #MeuPrimeiroAssédio, e que vai permanecer com seus leitores – tanto homens quanto mulheres – por muito, muito tempo.

____________________________________________

“Sohaila Abdulali criou uma poderosa ferramenta de análise da cultura e da linguagem do estupro nos níveis individual, social e global, cuja leitura pode beneficiar a todos.”
Jill Soloway (cineasta)

“Uma leitura valiosa para qualquer pessoa que acredite que as mulheres deveriam poder andar pelo mundo sem medo.”
Publishers Weekly (em destaque)

“Este livro é perfeito para os fãs do estilo de Rebecca Solnit; uma exploração honesta, mas esperançosa, da agressão sexual e do discurso global sobre o estupro, em primeira mão, pela perspectiva de uma sobrevivente e ativista. Leitura recomendada em tempos de #MeToo e Time’s Up.”
Vogue

“O livro escancara o segredo público do estupro por meio de vários relatos de casos reais, que facilitam uma discussão sensível porém pragmática. Abdulali tenta romper o véu de pena e vergonha que tanto influencia a conversa sobre esse tema em sua conexão com as ‘vítimas’. Por meio de sua própria experiência, bem como daquelas relatadas por outras sobreviventes, ela se esforça para colocar o estupro em seu lugar, recusando-se a conceder-lhe o poder de corroer identidades e minar o sentido de uma existência.”
The Telegraph

“Deveria haver muito mais livros como Do que estamos falando quando falamos de estupro, de Sohaila Abdulali. Esta obra atenta para o fato de que não há uma reação única ao estupro, ao mesmo tempo que coloca perguntas-chave que devem ser feitas: quem sofre estupro? Por quê? E se você é uma sobrevivente, como recuperar a alegria e a sensação de segurança? Esta é uma leitura essencial.”
Washington City Paper

“O livro incorpora as histórias individuais de sobreviventes em uma ampla discussão das múltiplas questões relacionadas ao estupro em todo o mundo: o que constitui o consentimento, o estupro como arma política, a ‘cultura do estupro’, a salubridade da raiva e também a possibilidade do perdão. Abdulali escreve sobre esses assuntos espinhosos em um estilo contundente e conversacional com o mesmo humor evidente em sua conversa.”
Publishers Weekly (em destaque)

Páginas: 256 • Formato: 14 x 21 cm • Acabamento: Brochura • Título original: What we talk when we talk about rape? • ISBN: 9788554126346 • Código: 14230 • Editora Vestígio • Edição: 1 • Mês/Ano de publicação: 05/2019

R$ 44,90



Vídeos

Receba as novidades da Editora Vestígio
Vendas institucionais e licitações
International calls
+55 (11) 3034 4468
Belo Horizonte
Rua Carlos Turner 420, Bairro Silveira,
Belo Horizonte - MG, CEP 31140-520,
Tel. (31) 3465-4500
São Paulo
Av. Paulista, 2073, Conjunto Nacional,
Horsa I, 23º andar , Conj. 2310, 2311, 2312
Cerqueira Cesar, São Paulo - SP, CEP 01311-940,
Tel. (11) 3034-4468
Fechar

Pesquisar por autor, título, série, coleção ou ISBN.