Grupo Autêntica

Bienal do livro SP

Gitta Sereny

Foi jornalista, biógrafa e historiadora. Investigou as origens e a natureza do mal em seus livros sobre criminosos de guerra nazistas (Into that Darkness: An Examination of Conscience; Albert Speer: His Battle with Truth) e sobre crianças assassinas (The Case of Mary Bell; Por que crianças matam). Durante a anexação da Áustria pela Alemanha, viveu na França e depois nos Estados Unidos. Após a Segunda Guerra Mundial, retornou para a Europa e trabalhou com crianças que haviam sobrevivido a campos de concentração ou sido levadas de seus pais.

Viveu a partir de 1958 com o marido, Don Honeyman, em Londres, onde se tornou jornalista freelancer. Em 2003, foi condecorada com uma ordem de cavalaria britânica por seus serviços ao jornalismo. Morreu em 2012, em Cambridge, aos 91 anos.

Gitta Sereny
Fechar

Pesquisar por autor, título, série, coleção ou ISBN.