Grupo Autêntica

Contemporânea Newsletter Gut

JeanLouis Tripp

JeanLouis Tripp (também conhecido como Jean-Louis Tripp) é um desenhista e roteirista francês de história de quadrinhos, escultor e pintor. Publicou as suas primeiras tiras na revista Métal Hurlant em 1977. O seu primeiro álbum, Le Bœuf n’était pas mode (em colaboração com Marc Barcelo), foi publicado em 1978, seguindo-se o período Futuropolis, de 1982 a 1985. Ao mesmo tempo, começou a publicar as aventuras de Jacques Gallard com Milan (4 volumes): Parfum d’Afrique (1983), Ziguezague Soviético (Prêmio da Imprensa de Angoulême 1987), Zoulou Blues (Prêmio do Público de Angoulême 1988) e Afrikaans Baazart (1989).

Em 1989, deixa de produzir HQs para se dedicar a uma vasta gama de atividades artísticas: pintura, escultura, peças únicas de mobiliário e frescos em mosaico. Regressa então ao desenho através de livros infantis (Milão), ilustração (Flammarion, Presse Pocket, Milão, Elle, Autrement) e storyboards. Em 2002, desenhou o storyboard do filme de Tronchet Le nouveau Jean-Claude, bem como a sua adaptação em quadrinhos (Albin Michel).

Em 2003, mudou-se para o Canadá para ensinar história em quadrinhos na Université du Québec e desenhou Paroles d’Anges (Glénat). Coescreveu a série Magasin général (2006-2014) com Régis Loisel, publicada pela Casterman. Meu irmão caçula foi nomeado em 2023 para o Grande Prêmio da Crítica ACBD (Associação de Críticos e Jornalistas de História em Quadrinhos da França, na sigla em Francês). JeanLouis Tripp divide o seu tempo entre Paris e Montreal.

JeanLouis Tripp
Fechar

Pesquisar por autor, título, série, coleção ou ISBN.