Grupo Autêntica

Fique por dentro do Grupo Autêntica

  • Notícias
  • Press Kit (Releases)
  • Saiu na Imprensa
  • Eventos
  • Contato
    (exclusivo para imprensa):

Press kit: "A economia da vida"

Para o economista francês Jacques Attali, pandemias são capazes de derrubar governos

Em A economia da vida, autor recupera a história das epidemias, seus impactos sociais, econômicos e políticos sobre os reinos, impérios e Estados e conclui que estamos na iminência de um desastre climático e social

A luta da humanidade contra as doenças infecciosas remonta há milhares de anos. Esses acontecimentos de larga escala e, naturalmente, o seu enfrentamento, foram responsáveis por transformar a história das civilizações, provocando, ao longo dos tempos, rupturas econômicas, sociais, culturais e até mesmo políticas, com a derrubada de governos e impérios.

Muitas foram, portanto, as lições deixadas por estes acontecimentos no passado. Mas poucas tão urgentes e necessárias como as que conhecemos agora, com o surgimento (e, possivelmente, perpetuação) da Covid-19, que mostrou que a crise na qual nos encontramos não tem precedentes, fazendo-se necessária a urgente substituição do atual modelo de desenvolvimento socioeconômico.

Estas são algumas das ideias apresentadas pelo economista e escritor francês Jacques Attali no recém-lançado A economia da vida – Uma proposta para pouparmos nossas crianças de uma pandemia aos 10 anos, uma ditadura aos 20 e uma catástrofe climática aos 30, que chega ao Brasil pela Editora Vestígio (Grupo Autêntica, 240 págs., R$ 54,90).

Neste livro, o autor se vale de uma narrativa potente e direta para mostrar que a crise na qual estamos mergulhados é múltipla – econômica, filosófica, ideológica, social, política e ecológica – e que precisamos agir sem demora para evitar que os efeitos de todas essas convulsões afetem de forma permanente a nossa sociedade.

Attali propõe a substituição do atual modelo de desenvolvimento, que tem levado o mundo à iminência de um desastre climático e social, por outro que concentre esforços e investimentos em setores interdependentes que promovam e protejam a vida: saúde, higiene, energia limpa, alimentação, agricultura, pesquisa e inovação, reciclagem, educação, cultura, segurança e outros.

Com análises consistentes, avaliações coletadas por meio de dezenas de entrevistas com especialistas de inúmeras áreas e dados expressivos, o autor apresenta um quadro da vulnerabilidade social e ambiental em que já nos encontrávamos quando a pandemia nos atingiu e aponta como os governos mostraram-se despreparados para enfrentar as crises que se acumularam a partir da tragédia sanitária, conduzindo milhares de pessoas à morte prematura e milhões ao desamparo muitas vezes absoluto.

O resultado é um conjunto de propostas arrojadas, de mudanças que devem ser operadas no seio da sociedade, que nos ajudam a pensar “fora da caixa” e nos fazem olhar para o futuro com mais esperança. “Esta pandemia foi bastante agravada, senão mesmo provocada, pelos nossos modos de vida e nosso impacto sobre os ecossistemas; e a economia da vida é mais capaz do que qualquer outra de assegurar a luta contra as mudanças climáticas e a proteção do meio ambiente”, esclarece Attali.

A economia da vida integra a coleção Espírito do Tempo, que se dedica à publicação de livros que nos ajudem a compreender a complexidade dos tempos em que vivemos, ampliando o olhar sobre esse cenário de disputas e desconstruções que têm sido a marca das últimas décadas.

Conheça os outros volumes da coleção clicando aqui.

SOBRE O AUTOR
Escritor, professor e assessor especial do presidente francês François Mitterrand por dez anos, Jacques Attali é fundador de quatro organizações internacionais: Action contre la Faim, Eureka, BERD e Positive Planet. Escreveu mais de 1.000 editoriais para a revista L’Express e agora escreve para o jornal Les Échos. É autor de 83 livros, traduzidos para 26 idiomas, com mais de 7 milhões de exemplares vendidos. Ele também rege várias orquestras ao redor do mundo.

Para mais informações, entre em contato com nossa assessoria de comunicação pelo e-mail ou pelo telefone (31) 3465-4500 (ramal 207).

← Voltar

Fechar

Pesquisar por autor, título, série, coleção ou ISBN.