Grupo Autêntica

Autêntica Business Infantil e juvenil Yellowfante Gutenberg Nemo Vestígio Play

Fique por dentro do Grupo Autêntica

  • Notícias
  • Press Kit (Releases)
  • Saiu na Imprensa
  • Eventos
  • Contato
    (exclusivo para imprensa):

    (31) 3465-4500 (ramal207)

Historiadora propõe utilização da música brasileira como forma de educação sentimental e política de alunos

25/06/2012 — Assessoria de Comunicação - Pluricom

Cada vez mais o professor é solicitado para incorporar os materiais artísticos e culturais em sua prática docente. Particularmente para o professor de História, essa demanda é ainda mais intensa, pois a canção popular é um dos documentos históricos mais expressivos do século XX, consagrado como o “século da canção”. Em Canção popular brasileira e ensino de história: palavras, sonos e tantos sentidos, da historiadora Miriam Hermeto, lançamento da Editora Autêntica, os professores do ensino médio encontram um guia de como incorporar a canção como material gerador de aprendizado e fonte de conhecimento histórico.

Vários desafios se colocam ao professor que pretende usar a música como depositária da memória oral brasileira: qual gênero ou tipo de música deve ser analisado em sala de aula? Como enfrentar a questão da linguagem musical, na qual raramente o professor tem formação? Como lidar com as diferenças entre as escolhas dos professores e o gosto musical dos alunos? Onde obter fonogramas antigos e fora do mercado, para que o trabalho escolar não seja a mera continuidade do que se ouve na mídia? Problemáticas e perspectivas que parecem tão complexas e intransponíveis são abordadas por Miriam Hermeto de maneira clara e direta, apostando no diálogo com o professor, visto como interlocutor fundamental para que a escola, sobretudo a escola pública, reconquiste seu papel na sociedade.

No intuito de alargar a compreensão da canção popular brasileira para além de “ilustração de um tempo”, a autora começa com uma análise sobre a sua dupla dimensão. “A um só tempo, esse produto cultural pode ser pensado como objeto e fonte para a educação histórica no ensino médio”, explica. A partir de uma reflexão teórico-prática, a obra aborda também da produção ao consumo no circuito das comunicações, passando pela trajetória histórica da canção popular brasileira, finalizando com sua relação ao ensino de História. No final, há dicas, exercícios e indicações bibliográficas tanto para os educadores aprimorarem a forma de se relacionar com a música, como para os educandos aprenderem a usar esse objeto de estudo como fonte de informação para o desenvolvimento de conhecimento.

O livro inaugura a Coleção Práticas Docentes, que em breve contará com outros títulos dirigidos a professores do ensino médio: Conhecimento e imaginação – Sociologia para o Ensino Médio e Estética Filosófica para o Ensino Médio.

Sobre a autora – Miriam Hermeto é professora do Departamento de História da FAFICH/UFMG, com doutorado nessa área de conhecimento e mestrado em Educação, ambos pela mesma universidade. Atuou na educação básica por alguns anos e mantém o foco nesse segmento na formação continuada de professores e produção de materiais didáticos e paradidáticos. Autora e intérprete em projetos de aula-show sobre diferentes temáticas, tem utilizado esse recurso para refletir (e provocar reflexões) sobre as relações entre história e música.

Para mais informações, entre em contato com nossa assessoria de comunicação pelo e-mail ou pelo telefone (31) 3465-4500 (ramal 207).

← Voltar

Fechar

Pesquisar por autor, título, série, coleção ou ISBN.