Grupo Autêntica

Fique por dentro do Grupo Autêntica

  • Notícias
  • Press Kit (Releases)
  • Saiu na Imprensa
  • Eventos
  • Contato
    (exclusivo para imprensa):

    (31) 3465-4500 (ramal207)

Desastrado jornalista dá o maior furo da história: registra a espetacular vida da Morte

10/09/2012 — Assessoria de Comunicação - Pluricom

O jornalismo é um ofício nem um pouco rotineiro. Novos fatos surgem sempre que o repórter cruza as portas da redação. Mas, no caso do jornalista Horácio Portobello, fontes inusitadas e acasos inexplicáveis recheiam de surpresas, voltas e reviravoltas a vida do protagonista de A espetacular vida da Morte, romance de estreia do quadrinista MJ Macedo, conhecido por transformar o filme Cidade de Deus em HQ. A história, lançamento da Editora Gutenberg, é uma mistura de fantasia, humor negro, non sense e grande dose de pastelão.

Horácio foi o mais jovem editor interino de uma das revistas mais respeitáveis do país, a Verdade Nua, se tornou apresentador de um programa semanal na TV e ainda assinou uma coluna diária em dezoito jornais diferentes. Grande parte de seu sucesso, entretanto, deriva principalmente de seu jeito atrapalhado de ser. Esse jornalista especial começou sua carreira logo no segundo ano de faculdade, no ilustre Diário Semanal, tendo a oportunidade de ingressar no jornal O Sabiducho depois de atropelar o editor da publicação. Lá, conseguiu grandes espaços cobrindo a morte do presidente da República, que ele mesmo derrubou, sem querer, varanda abaixo. Foi também furo seu as requebradas do papa quando, em sua visita ao Brasil, deu-lhe gás do riso pensando que o sacerdote estava tendo uma crise de asma.

Para alavancar as vendas do jornal, foi convocado a encontrar uma pauta bombástica. E encontrou. Descobriu a festa onde diversos políticos se divertiam com uma garota. Com um texto inspirador e fotos reveladoras, esperava ser ainda mais reconhecido pelo seu trabalho. Mas a garota era ninguém menos que a filha de seu chefe. Ganhou, em vez de aumento salarial, a demissão.

Agora está tudo perdido. A única solução é vender cachorro-quente. O que ele não sabe é que nessa nova atividade vai surgir a chance de voltar ao mercado da comunicação mais respeitado do que nunca, com o maior furo jornalístico da história. Pedindo um dogão duplo com molho especial, cheddar e guaraná, eis que surge à sua frente ninguém menos que a Morte. Horácio vê no cliente a oportunidade de registrar sua biografia, vivendo um momento transcendental e místico.

Repleto de situações hilárias, desde as mais rotineiras até as mais impensáveis, esta ficção de MJ Macedo remete o jovem leitor a eventos fantásticos em uma leitura imprevisível e rica em detalhes, que aborda sexo, drogas e a própria morte, de uma forma lúdica e totalmente bem humorada.

Sobre o autor – MJ Macedo nasceu no Rio de Janeiro, mas com 11 anos de idade se mudou para São Paulo. É quadrinista e escritor, além de já ter atuado como designer gráfico, redator publicitário, jornalista e gerente editorial.

Para mais informações, entre em contato com nossa assessoria de comunicação pelo e-mail ou pelo telefone (31) 3465-4500 (ramal 207).

← Voltar

Fechar

Pesquisar por autor, título, série, coleção ou ISBN.