Uma palavra da editora

Sonia Junqueira - Publicado na categoria Palavra da Editora em 07/01/2019


“Comecei a ler Monteiro Lobato aos 8, 9 anos – e tive meu primeiro deslumbramento literário. Fascinada, me instalei no Sítio do Picapau Amarelo, me embolei com as personagens, vivi suas aventuras, pirlimpimpei, tive medos e sustos, alegrias, descobertas, aprendi muitíssimo, me diverti, me emocionei… e fiquei para sempre encantada.

Não fui a única: acontecia com todas as crianças que liam aqueles livros mágicos. Em suas páginas nos transportávamos para mundos inimagináveis, para universos indescritíveis, e nossas mentes se abriam e queriam saber, e perguntavam, e procuravam respostas – e nossa ideia de mundo se alargava, enriquecida.

Foram muitas as gerações de “lobatianos”, e todas elas continuam fiéis a esse grande escritor, cujos personagens de certa forma representaram, para nós, o mesmo que Harry Potter e sua turma para gerações mais recentes, numa outra medida.

Agora, aos 73 anos, tenho a enorme alegria de coordenar uma edição daqueles livros que tanto me encantaram. É um outro jeito de eu me transportar novamente para aquele sítio e reviver emoções, sob nova perspectiva. É um outro prazer, o de entregar a novos leitores essa riqueza tão eterna. E é recordar com carinho o começo de minha vida de leitora apaixonada e fiel – à leitura, aos livros, à Emília que eu tanto queria ter sido. Isso é ou não é a maior das galantezas?”

***

Sonia Junqueira é editora dos livros de Monteiro Lobato na Autêntica. Escritora, também é a responsável pela editoria de infantis e juvenis da casa. Este texto também pode ser encontrado nos livros Reinações de Narizinho e O Picapau Amarelo, lançamentos de janeiro da Autêntica.

Tags:  monteiro lobato,  reinações de narizinho,  leitura,  leitura infantil,  literatura,  brasileira


Comentários