Condessa de Ségur

Sophie Feodorovna Rostopchine, a Condessa de Ségur (1799-1874), foi uma escritora russa que se tornou muito famosa no século XIX, por causa dos livros que escreveu para crianças e adolescentes.

Casada em 1819 com o Conde Eugène Ségur, teve um casamento bastante infeliz, com o marido sempre ausente do Castelo de Nouettes, onde moravam, pouco atencioso, além de pobre (até que se tornou um dos Pares de França), em 1830. Mesmo assim, tiveram oito filhos – a ponto de o conde referir-se à esposa como “a mãe Matrioska”, numa referência às bonecas de madeira típicas da Rússia, formadas por várias bonecas de diferentes tamanhos, uma dentro da outra.

A Condessa de Ségur começou a escrever aos 58 anos. Criou personagens eternos para o imaginário infantil, que atravessaram gerações e chegaram até a primeira metade do século XX em diversos países do mundo, inclusive no Brasil. Suas obras mais conhecidas aqui são Os desastres de Sofia, Meninas exemplares e As férias, cujos personagens principais são Sofia, Paulo, Camila e Madalena, que aparecem também em Memórias de um burro.

Artigos sobre o autor

Receba as novidades da Autêntica infantil e juvenil
Vendas institucionais e licitações
International calls
+55 (11) 3034 4468
Belo Horizonte
Rua Carlos Turner 420, Bairro Silveira,
Belo Horizonte - MG, CEP 31140-520,
Tel. (31) 3465-4500
São Paulo
Av. Paulista, 2073, Conjunto Nacional,
Horsa I, 23º andar , Conj. 2310, 2311, 2312
Cerqueira Cesar, São Paulo - SP, CEP 01311-940,
Tel. (11) 3034-4468
Fechar

Pesquisar por autor, título, série, coleção ou ISBN.