Fique por dentro do Grupo Autêntica

Press kit: "Era um garoto"

Livro-reportagem conta a história do garoto brasileiro que saiu à rua em Berlim para ir à padaria e se tornou soldado nazista

Era um garoto relata os meses finais da Segunda Guerra Mundial a partir do diário de Horst Brenke

Fruto de uma intensa paixão entre dois jovens alemães, Horst Brenke nasceu em Curitiba, em 1926. Aos 4 anos, Horst mudou-se para Belo Horizonte e, aos 12, voltou com os pais para a Alemanha. Mas ele certamente nunca imaginou que, alguns anos depois, uma ida à padaria iria levá-lo ao front de batalha. Era um garoto , o lançamento da editora Vestígio, pertencente ao Grupo Autêntica, conta a história do menino que se tornou soldado de Hitler graças a uma grande má sorte.

A partir do velho diário de Horst, que lhe chegou às mãos por acaso, o jornalista mineiro Tarcísio Badaró apresenta uma história que reúne aventura, drama, relatos de guerra e anotações de viagem do período em que Horst integrou o exército nazista nos meses finais da Segunda Guerra Mundial. Capturado por soldados soviéticos, foi feito prisioneiro nos campos gelados da Rússia por mais de um ano, período em que manteve o diário. Depois de libertado, o garoto vagou pela Europa, sem documentos que provassem sua nacionalidade, e encontrou muitas dificuldades para retornar para sua verdadeira casa, o Brasil.

A obra é dividida em duas partes: a primeira consiste em uma narrativa baseada nos relatos do diário de Horst e na extensa pesquisa feita por Badaró. A segunda parte apresenta a investigação do jornalista, que viajou seis mil quilômetros para refazer os passos de Horst, visitou arquivos alemães e russos, consultou historiadores e fontes diversas, entrevistou a família brasileira e os amigos do personagem, a fim de reconstituir a história do garoto que deixou um relato de sobrevivência e esperança.

Para o jornalista José Eduardo Gonçalves, que assina o prefácio, este é um livro poderoso. “ A verdade é que essa é uma história que merecia ser contada, vivida por gente de carne e osso, com seus sonhos arrancados e brutalizados em um dos períodos mais tristes de nosso tempo. (…) Este livro fala, acima de tudo, de sobrevivência. De esperança. Do desejo de continuar vivo e lúcido diante de um mundo nem sempre compreensível. É o bastante para nos comover ”, relata.

Sobre o autor: Tarcísio Badaró nasceu em 1986, em Minas Novas, Minas Gerais. É jornalista formado pela UFMG, com especialização em Jornalismo Literário. Trabalhou nas redações da Rede Minas, Rede Record e TV Globo. É colaborador de diversas publicações, entre elas a Revista Piauí.

Arquivos

Para mais informações, entre em contato com nossa assessoria de comunicação pelo e-mail ou pelo telefone (11) 3034-4468.

← Voltar

Vendas institucionais e licitações
+55 31 3465 4500
International calls
+55 11 3034 4468
Belo Horizonte
Rua Carlos Turner 420, Bairro Silveira,
Belo Horizonte - MG, CEP 31140-520,
Tel. (31) 3465-4500
São Paulo
Av. Paulista, 2073, Conjunto Nacional,
Horsa I, 23º andar , Conj. 2310, 2311, 2312
Cerqueira Cesar, São Paulo - SP, CEP 01311-940,
Tel. (11) 3034-4468
Rio de Janeiro
Rua Debret, 23, sala 401, Centro
Rio de Janeiro - RJ, CEP 20030-080,
Tel. (21) 3179-1975